O que é TikTok: Conheça mais sobre a febre do momento

Tempo de leitura: 6 minutos

A rede social conquistou jovens e adultos, se tornando um dos maiores fenômenos do mundo digital.

Não tem como negar, O TikTok conquistou seu espaço. A rede social começou a explodir em 2019 e foi o aplicativo mais baixado no mundo em 2020. Os números de usurários também bateram recordes. Por conta da pandemia e a necessidade de ficar em casa, o TikTok se tornou o passatempo perfeito. Afinal, quem não gosta de novidades interativas?

Mesmo sendo o garoto popular, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o assunto e se perguntam: “o que é TikTok e, porque é tão popular? ”.  Leia até o final e encontre as respostas para todos esses questionamentos.

Celular com aplicativo TikTok

 

Resumidamente, o TikTok é uma rede social, ou seja, permite interações. É possível visualizar, curtir, comentar, produzir e compartilhar vídeos. Esses conteúdos podem ter 15, 60 segundos ou  3 minutos, com vários recursos de edição. Como por exemplo: a inclusão de filtros, legendas, trilha sonora, gifs e realizar cortes. O importante é ser criativo.

O aplicativo funciona em ambos sistemas como iOS e Android. Assim como nas outras redes sociais, você consegue entrar em contato com as pessoas. Pode enviar mensagens privadas ou editar clipes com funções de costura e duetos. Também possibilita a ferramenta de seguir outros perfis, coisa muito comum na internet. A rede de compartilhamento do TikTok é bem ampla, sendo possível mandar vídeos para o WhatsApp.

Um de seus diferenciais é o poder e o apelo para a viralização. Isso instiga os usuários a usarem a criatividade. Ou seja, é um lugar que tem de tudo e vive com tendências, chamadas de trends. Elas podem ser a reprodução de uma coreografia, um desafio de maquiagem – apelidado de challenge. Dessa forma, todos querem participar da brincadeira, principalmente os jovens.

Alguns criadores de conteúdo estão migrando somente para o TikTok, pela visualização. A dica é reproduzir as trends e adaptar. Pensando assim, é uma boa forma de divulgar seu trabalho. Maquiadoras, estilistas, músicos e outros profissionais usam essa técnica. Inclusive, o TikTok pode ser o novo termômetro musical. Se a música viralizar na plataforma é certeza que vai se tornar sucesso. Isso acontece até mesmo com canções antigas, que só agora estão ganhando reconhecimento.

As cantoras, Gayle, dona do single “abcdefu”, e Anitta, com “Envolver”, chegaram ao topo dos charts globais de serviços de streaming após criarem trends na rede social.

Mas como, de onde surgiu, e o que é TikTok?

O que é TikTok

 

O TikTok surgiu em 2014, conhecido como Douyin e anteriormente Musical.ly. Foi criado por uma empresa chinesa. No começo, o objetivo era fazer um aplicativo para as pessoas postarem vídeos dublando músicas. Um pouco similar ao Dubsmash, que por um tempo se tonou o queridinho.

No ano de 2017, a empresa foi comprada pela conterrânea ByteDance, na época também tinha uma ferramenta parecida, o Douyin. Então, o Musical.ly se tornou TikTok, para ser divulgado internacionalmente, enquanto isso Douyin continuou a circular entre os chineses.

Só em 2019, o aplicativo do TikTok foi baixado 750 milhões de vezes. Isso é equivalente a quase um terço da população da Índia, que curiosamente era o principal mercado do aplicativo, além dos Estados Unidos da América.

Assim a rede social chinesa já conquistou o mundo todo. Porém, alguns países proibiram o aplicativo, entre eles a Índia, que alegou perigo para a segurança e integridade do país, e o Afeganistão.

Por falar em segurança, o aplicativo é adequado para crianças?

Já comentamos que a rede social é um fenômeno entre os jovens, alguns tem na faixa de 13 anos ou mais. Cerca de 66% dos usuários gerais do TikTok têm menos de 30 anos. Entre os usuários ativos mensais, 60% têm entre 16 e 24 anos. Ou seja, grande parte do público são crianças e jovens, que se tornam produtores e consumidores dos conteúdos publicados na plataforma.

Alguns pais e responsáveis expressam preocupações. Afinal, hoje em dia os adolescentes passam cada vez mais tempo em frente as telas. Podendo estar vulneráveis para as ações de pessoas mal-intencionadas. Por isso, o TikTok lançou o emparelhamento familiar, que oferece recursos aos pais para delimitar e gerenciar algumas funcionalidades. Além disso, o aplicativo conta com uma seleção de conteúdos apropriados para os menores.

O algoritmo do For You

O TikTok conta uma aba intitulada “Para Você” (ou FYP, de “For You Page”, em inglês). É onde acontece a sugestão de clipes baseados nas preferências dos usuários. A plataforma utiliza dados que contabilizam as interações com os conteúdos, como suas curtidas e comentários publicados nos vídeos.

O processo de recomendação de clipes na FYP também tem outros critérios, sendo eles legendas, hashtags, os conteúdos criados pelo próprio usuário e temas de interesse.

Tem como ganhar dinheiro com o TikTok?

Mão segurando celular com aplicativo TikTok

 

A rede social é um sucesso, atraí muitos criadores de conteúdo e continua crescendo. Mas será que é possível ganhar dinheiro com o TikTok?

No TikTok, os usuários com mais de 1.000 seguidores ganham o status de popular. Podem realizar lives, também conhecidas como transmissões ao vivo. Com isso, os seus seguidores têm a opção de presenteá-los com as moedas virtuais chamadas “Rubies”, compradas no próprio aplicativo.

Assim que a live acaba, o usuário tem direito a 50% das moedas recebidas e deve trocá-las por diamantes, e então trocá-los novamente, por dinheiro real. O resto das moedas é convertido em dinheiro para o TikTok, e para as lojas App Store e Google Play.

Visando uma maior popularidade, a empresa no Brasil decidiu dar prêmios em dinheiro para os usuários que recomendarem o TikTok para outras pessoas.

A participação é bem simples: você recebe um código e deve ser compartilhado com seus amigos e seguidores, não há limites de pessoas. Quando eles baixarem o aplicativo, devem abrir a página da campanha e inserir o seu código. Mas precisam usar o aplicativo por ao menos 10 dias, assim vão receber o prêmio. O valor que você recebe pode chegar a R$ 500,00.

Além disso, existem outras opções, como por exemplo: patrocínios, venda de produtos próprios, marketing de afiliados e etc.

TikTok tem concorrentes?

O TikTok é a concorrência. Algumas plataformas criaram sistemas parecidos para não ficarem para trás. O YouTube agora possui um espaço para a produção e a publicação de vídeos curtos, chamado de YouTube Shorts. O Instagram incluiu o Reels, que oferece várias opções de edição para mini vídeos. E também está dando mais visibilidade para esse tipo de conteúdo.

O Google também entrou na jogada, com o anúncio de lançamento do Tangi. O objetivo é que as pessoas façam e compartilhem tutoriais em vídeos de até 60 segundos.

A empresa chinesa Kuaishou Tehcnolody é dona do Kwai. O aplicativo tem a mesma essência do TikTok e investiu pesado em publicidade. Aqui no Brasil tem o apoio do Winderson Nunes, um dos maiores influenciadores do país.

Sobre Marcos Roberto

Tudo sobre o mundo da tecnologia, games, filmes e tudo que nos fascina nesse mundão do ambiente digital! Muito conteúdo bacana para você!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.